Escute: "AEOLIAH - Healing Music of Reiki - Hearts of the Future", para absorver toda a energia contida na mensagem abaixo.

A INFINDÁVEL BUSCA DO SER HUMANO POR DEUS.

Enquanto o Ser Humano permanecer na busca, jamais encontrará; porém, quando dela desistir com certeza encontrará, mas o prazer da busca perderá... Pois desistir da busca, é tornar-se Deus; contudo, Deus desistiu de Si mesmo, para através do Ser Humano, a Si mesmo... Buscar. [Kabhoz Kahim Kheine]

VOS DIGO: SOIS DEUSES, FILHOS DO ALTÍSSIMO, TODOS VÓS. (SALMOS, 82:6)

Existe um Ser real tão físico ou espiritual quanto Você, que inclui a humanidade, o planeta e todos os corpos celestes que a vista pode alcançar. Os antigos o chamavam "Altíssimo": O mais vasto Ser que a humanidade pode vivenciar e verdadeiramente reconhecer como DEUS... E PAI. [ Kabhoz Kahim Kheine ]

SÃO AOS CORAJOSOS E FORTES DE CORAÇÃO, AS INFORMAÇÕES AQUI CONTIDAS.

Que os ávidos por reais transformações encontrem aqui a inspiração que os levem à eternidade. [ Kabhoz Kahim Kheine ]

fevereiro 10, 2017

As Três Regras Fundamentais que Definem o Grande Jogo



AS TRÊS REGRAS FUNDAMENTAIS
QUE DEFINEM O GRANDE JOGO



KABHOZ KAHIM KHEINE


Através de
FRATER ANGELUMES


Saudações  a todos vocês humanos, que estão a assumir responsabilidades perante o Grande Jogo da Vida; alcançando níveis de compreensão que os graduam a desempenhar tarefas nunca antes possíveis, não na condição que até recentemente se encontravam.
Eu Sou Kabhoz Kahim Kheine,  e estou aqui nesse momento simplesmente para lembrá-los "Onde Vocês Estão". Pois todo SER se fundamenta em um ESTAR, que por sua vez exige a definição de um ONDE, e por consequência, um VIR e um IR.
E assim é que todos os Humanos Divinos, que estão a me ouvir com seus corações, passam a perceber com clareza os Limites que têm condicionado seu trabalho há éons, adquirindo assim a capacidade intrínseca de ultrapassá-Los.
Com a percepção das Regras Fundamentais do Grande Jogo, uma vez graduados, passam a vislumbrar a sua beleza, e colaborar com seu aperfeiçoamento; de maneira que não era possível enquanto jogavam: Dualidade, Separatividade e Hierarquia.

A REGRA DA DUALIDADE

Dentre todas, temos a Dualidade como a Regra que condiciona as demais, na medida que ela é resultado direto do contraste entre as Forças que permitem a materialidade de todas as coisas, sem a qual não haveria tabuleiro onde jogar: Magnetismo e Gravidade.
Como toda Regra, ela foge completamente da perspectiva de visão da mente humana, enquanto esta participa do Grande Jogo desde seu interior. E é justamente esta interioridade que passa a ser observada quando se está fora dela.
Um Centro Emissor super-energético e uma Periferia Receptora matricial-envolvente, definem-se mutuamente por laços inquebrantáveis de Amor Incondicionalmente Eterno, criam e condicionam o Espaço e o Tempo no qual se desenrola o Grande Jogo da Vida.
Mas uma questão crucial nada óbvia escapa da visão comum, e denuncia a física envolvida nisso: o Centro e sua Periferia, devido às Forças nela atuantes; estão em um Estado Quântico, que se aplica  tanto ao Átomo, quanto à Alma Humana, ao Planeta, ao Sistema Solar ou à Galáxia.
O contraste entre a Luz e a Sombra, são o resultado de uma diferença de potencial que segue as leis da termodinâmica; e mais que isso, é a Regra que permite que toda a CRIAÇÃO ocorra: "O Ser, o Estar, o Fazer, e o Aprender a superar os Limites do próprio Jogo".
As Forças Opostas assim criadas, compõem todo o aparato que alimenta os dramas e julgamentos condicionantes da mente humana, na medida que esta percebe suas diferenças: "Masculino-Feminino, Claro-Escuro, Bonito-Feio, Prazer-Dor, Certo-Errado, Bem-Mal"...
E eis que ao jogador humano nada mais resta que viver seu Micro-Universo de contrastes, onde toda moral, toda ética do que seja certo ou errado, todo julgamento, sustentam a aparente e infindável luta entre o bem e o mal, até que o humano se torne Divino.

A REGRA DA SEPARATIVIDADE

Uma vez estabelecido o Jogo da Dualidade na mente humana, causado pelas diferenças de potencial magnético entre suas peças; como consequência absoluta, temos duas grandezas cujo impacto no Jogo da Vida é crucial: o Espaço e o Tempo.
O Espaço é justamente o "vácuo" criado entre o Centro e a Periferia por onde a energia flui, fazendo com que as ondas circulem em infindáveis ciclos de concentração e dispersão de partículas, gerando na consciência humana a própria percepção da Separatividade.
Porém, é somente na percepção do Espaço que o conceito de ESTAR se torna possível, é ONDE as formas se desenvolvem e se relacionam entre si; onde ocorre o aparecimento, a transformação e a dissolução de cada uma delas, e onde a mente humana diz: "Neste Lugar Estou".
Mas quando a mente diz: "Este Lugar É Meu", o  conflito e o drama começam, e o Jogo assume seu propósito central: "A busca incessante pela Estabilidade e Equilíbrio dos Sistemas, para que a FORMA se aperfeiçoe, a VIDA se prolifere, e a CONSCIÊNCIA se expanda".
Já o Tempo, é a percepção do movimento dos corpos e seus deslocamentos de um lugar a outro, possível devido as Forças do Magnetismo, que os atrai ou repele, e da Gravidade, que os faz orbitar; ora concentrando ora dispersando suas partículas no "vácuo" da Dualidade.
Somente o Tempo permite que o VIR e IR façam sentido, e que o observador com sua inércia defina o que dele se aproxima ou se afasta; que a separação de todas as coisas e suas diferenças sejam percebidas e, via de regra, temidas, reforçando assim a própria Separatividade.
Todavia, é justamente esta Separatividade que enseja todos os encontros, forçados ou não, gerando potencialmente laços de confiança e amizade; que por sua vez possibilitam que o Grande Jogo alcance a logo prazo sua plena Eficiência, e eventual Eficácia.

A REGRA DA HIERARQUIA

Os efeitos causados pela Dualidade e Separatividade atingem seu clímax quando a consciência humana avalia que há Coisas e Seres que são mais importantes uns que outros,  proporcionando sua Classificação, Separação e Estratificação na Multidimensionalidade.
Todo Centro é uma Fonte Intermitente de radiações eletromagnéticas, tanto na forma de ondas quanto de partículas; ou seja, é uma Fonte Emissora de Informação, que é percebida pelos sentidos humanos basicamente como Energia, na forma de Luz e Calor.
Parte dessa Energia Difusa, que é Informação, é absorvida e processada pelos corpos que circulam na Periferia; e parte é refletida de volta ao Centro, levando consigo a imagem do que ocorre nessa Periferia, que é prontamente interpretada pela Inteligência contida na Fonte Central.
Ora, essa troca de Energia-Informação é desproporcionalmente maior quando proveniente da Fonte, que o contrário, de maneira que essa desproporção é logo interpretada, por todo observador que esteja na Periferia, como sendo Ela uma Divindade que o sujeita.
Dessa maneira,  podemos logo conceber que, neste Sistema Quântico, sempre haverá aqueles que doam Informação e aqueles que a recebem; fazendo com que, do ponto de vista do intelecto humano, sempre haja um Mestre ao Centro que reúne e instrui Discípulos à sua volta.
Estendendo esta relação de dependência de uma maioria "que não sabe", perante uma minoria "que sabe", a níveis multidimensionais, temos o que a percepção humana chama de Hierarquia, resultado de uma suposta retenção e distribuição desigual de Informações Cruciais.
Percebe-se assim, como a Informação pode ser controlada por aqueles que a detém, em detrimento daqueles que não a tem; principalmente quando essa Energia Informacional é de fato represada por aqueles mesmos que possuem as técnicas de assim proceder, para garantir seu poder.

PARA ALÉM DAS REGRAS DO JOGO

Eis que o Humano Divino, com sua graduação, passa a vislumbrar o Cenário Maior no qual está inserido. Percebe que a sua própria Expansão de Consciência é um dos resultados que demonstram a Eficácia do Grande Jogo, e seu brilhante Mecanismo de Aperfeiçoamento Auto-Sustentado.
Passa a se identificar com o Centro, mas não vê discípulos à sua volta, e sim partes de Si Mesmo; como órgãos que no seu conjunto fazem o corpo funcionar. Descobre afinal que não há de fato Hierarquia, e sim uma FAMÍLIA, onde cada um tem igual importância para o TODO.
Percebe também que a Separatividade de todas as coisas era na verdade uma distração da mente; passa a vivenciar a Continuidade Multidimensional que conecta naturalmente todos os seres; que independentemente do Espaço e do Tempo, todos são ÍNTEGROS no seu Conjunto.
E que a Dualidade nada mais é que o Ciclo Perpétuo de Transformação da Energia em Matéria, e da Matéria em Energia: "O Motor Quântico de nascimento, vida e morte de todas as formas de expressão da UNIDADE do ESPÍRITO de DEUS, que a Tudo e a Todos continuamente renova e inclui".
Fazendo com que, através das Criaturas, o ESPÍRITO de DEUS possa SER, e tendo por ONDE ESTAR, possa VIR e IR; pela vontade e determinação dos corajosos Anjos Humanos que aqui se tornaram DIVINOS, para garantir a "TOTALIDADE, INTEGRIDADE e UNICIDADE dO TUDO QUE É, FOI e SERÁ".


Convosco, eternamente em serviço.


KABHOZ KAHIM KHEINE


maio 30, 2015

As Seis Virtudes do Coração



AS SEIS VIRTUDES DO CORAÇÃO


E o dispositivo Transcognitor Multiperiférico



A Inteligência operante e verdadeira está no coração. A Inteligência cerebral é secundária. Mas é a perfeita sincronia entre ambas que possibilita a percepção multidimensional. O Transcognitor Multiperiférico é um dispositivo que, quando ativado, pode facilitar a operacionalização de um sistema cognitivo centrado na Glândula Pineal e no Coração.

O Transcognitor Multiperiférico é um prisma octaédrico regular (formado por oito triângulos equiláteros), não importando qual a sua medida. Para instala-lo em seu aparato neurobiológico, coloque-o no centro desejado e faça-o girar para todas as direções. Aumente ou diminua a velocidade de giro de acordo com sua capacidade de processamento de informações.

Para ativar e operar utilize os seis protocolos a seguir:

• GRATIDÃO = É o protocolo que abre o canal de comunicação interdimensional.

• HUMILDADE = É o protocolo para download das informações interdimensionais.

• CORAGEM = É o protocolo para emissão de estímulos para o sistema cognitivo.

• COMPAIXÃO = É o protocolo que define o alcance periférico do sistema cognitivo.

• COMPREENSÃO = É o protocolo para decodificação, compactação e upload das informações.

• PERDÃO = É o protocolo que deleta as informações redundantes e formata o Transcognitor.

Este não é um procedimento racional. Ative e utilize sua superconsciência.
Peço que pratique e publique os resultados alcançados.


Com a Luz, pela Luz e através da Luz.



Frater .*. Angelumes





junho 03, 2014

A Beleza do Grande Jogo


A BELEZA DO GRANDE JOGO

Epifânia de
KABHOZ KAHIM KHEINE

Através de
FRATER ANGELUMES


Eu Sou Kabhoz Kahim Kheine, e mais uma vez, querido Ser Humano, lhe pergunto: Quem É Você realmente?... Você está confuso?... Não sabe de onde veio, nem para onde vai?... Pois estou a lhe transmitir informações que, para a maioria, são inconcebíveis. Pois um dos mais importantes atributos que sustentam a condição humana e o êxito do Grande Jogo são a ignorância e o esquecimento de sua verdadeira natureza divina.
Por que deve ser assim? Toda essa ignorância, sofrimento e o drama da vida e da morte. Alguns até mesmo pensam o quanto Deus é injusto, por permitir toda esta miséria da condição humana. Pois Eu lhe digo: Deus nada tem haver com isso. O plano é de sua inteira responsabilidade e autoria. É sua tecnologia de transmutação de energia, é sagrada e profundamente eficaz.
Você se colocou em uma Zona de Livre Arbítrio, um dos requisitos para funcionamento do Grande Jogo. E o que significa isso? É você fingindo não "Saber", não "Poder" e não "Ser Tudo". É colocar-se na ilusão de estar separado de Deus e não estar sujeito às suas Leis. Toma suas próprias decisões, e este atributo é incrível para os Anjos que nunca foram humanos, pois os Anjos não têm Livre Arbítrio. Não podem ter. A Totalidade de Deus não permite, pois o Espírito de Deus é Íntegro em Si Mesmo... E os Anjos são Um com Deus.
Ai está a extraordinária condição dos Anjos que se fazem Humanos. Fazem-se não mais sujeitos às Leis de Deus, fingem ser deus de si mesmos, pois passam a não se enxergar mais como parte da Família. Daí vem a sensação de abandono, indignidade e pecado. Pois fazem as coisas por sua própria conta e risco. E erram, erram, erram... Mas isso, aos olhos de Deus não são erros em absoluto, são apenas experiências, são vivências de situações escolhidas por seus protagonistas, os Seres Humanos. Como disse o Grande Mestre do Amor: “Deus não julga, porém deu ao Filho todo o juízo”.
E por que é assim?... Querida Pessoa Humana... É justamente este o grande teste de energia, para saber em que ponto haverá o equilíbrio entre a escuridão da ignorância e a luz da sabedoria. Este é o fundamento do Grande Jogo concebido por Você: "Fazer da matéria um lugar onde o Espírito de Deus possa habitar, porém mantendo sua plenitude". E isso somente é possível de dentro para fora da matéria. Primeiro com a forma, depois com a vida e finalmente com a expansão da consciência, somente possíveis através do Humano Divino.


O SISTEMA DO GRANDE JOGO

Bem... O que há em jogos? Há diversão, competição e quase sempre decepção e ira. O que motiva um jogo é a esperança da vitória, no entanto a grande maioria experimenta a derrota. E todos exercitam a trapaça e o blefe, o que indica que nenhum jogo parece ser honesto. Mas logo se percebe que estas práticas não garantem a vitória. Daí vem a concepção do fator sorte, para justificar a derrota, mas sempre seguida pelo desconsolo e humilhação do perdedor e a euforia do ganhador.
Porém, tudo isso apenas descreve o que os jogos parecem ser, para aqueles que participam dele. Mas tudo é uma ilusão, pois nenhum dos jogadores consegue ver o cenário maior, mesmo espionando o jogo alheio. O máximo que conseguem com isso e fortalecer a disputa, o conflito e a discórdia. Os participantes na verdade não sabem como realmente o jogo funciona. Pois se soubessem não haveria por que jogar.
Então por que se joga? Por que o fundamento do jogo não é a disputa e o objetivo não é a vitória. Esta é a ilusão dos participantes, que convivem entre a dúvida e o medo, a aposta e a coragem. No entanto, no ponto de vista do Espírito, o jogo é um teste de possibilidades, está fundamentado no relacionamento de seus participantes, e sua dinâmica tem como força motriz as escolhas dos jogadores.
Veja bem... O Grande Jogo está baseado na ciência do controle da energia, como ela flui através e entre os sistemas organizados. A ciência humana já descobriu como os jogos funcionam. É o fenômeno que a ciência descobriu através da Cibernética, o Estudo das Probabilidades e a Teoria da Informação, sejam eles nos sistemas biológicos, ambientais, sócio-econômicos, mecânicos ou eletrônicos.
Compreendeu-se assim como os sistemas permanecem estáveis ou se degradam, como se relacionam e se desenvolvem. São sistemas dentro de sistemas, interdependentes e conjunturais. Isto ficou muito claro e dramático com as descobertas sobre o equilíbrio dos sistemas ambientais, através da Ecologia, como os ecossistemas são sensíveis. E muito antes, com as Leis da Termodinâmica, ou como os organismos vivos se mantém saldáveis ou não, através das Ciências Biológicas. Ou ainda como foi possível o “milagre” das Tecnologias de Informação.
Pois lhe digo: Todo o conhecimento humano é reflexo direto e prova máxima de sua espiritualidade, pois reflete o funcionamento do Universo. As Leis são as mesmas, tanto em cima como embaixo: “O que Você chama de Espiritual, é rigorosamente Científico”. Não existe separação entre ciência e religião, somente existe a Ciência Espiritual. Esta é a Ciência que verdadeiramente a humanidade pratica e faz superar seus limites, quando a mente humana se abre para a totalidade do Ser.
Através do Grande Jogo, o Espírito testa todas as possibilidades de arranjos e fluxos de energia possíveis, dentro e fora dos sistemas planetários, elevando suas frequências para que o Espírito habite neles. Assim, o teste de energia é único, porém formado por inúmeras partes distribuídas por todo o Universo. E Você é especialista nisso, seja em que lugar do Universo for. Isso prova quanto é vasta a entidade que Você É.


O QUE É HUMANO

O Que É Humano?... Humano é saber jogar. É o atributo máximo da sua condição enquanto na Terra. Você e todas as pessoas humanas jogam através de seus relacionamentos e escolhas. Testando inúmeros caminhos e possibilidades, errando, acertando e gerando aprendizado para saber a maneira apropriada de se trabalhar com a energia. E a pergunta primordial e básica é: COMO SE SAI DO JOGO?
Quando Você entra no Jogo, não consegue sair até que tenha completado seu propósito máximo que é relembrar o que Você realmente É. A lembrança deste fato indica que o Jogo já foi coroado de pleno êxito, e é hora de desmontar o laboratório.
Você É o alquimista que descobriu a maneira mais apropriada de transmutar a energia do Planeta. Transformou o gigantesco geóide planetário na magnífica e multifacetada Pedra Filosofal, que é o Planeta Terra ascendido. E cada faceta desta estupenda Pedra É um Humano Divino. Daí, tudo que você tocar se transformará no Ouro dos Filósofos.
Os verdadeiros atributos do Grande Jogo, no ponto de vista do Espírito e muito em breve também no seu, são estes:
EQUILÍBRIO: Todos os testes de energia tendem ao equilíbrio. O sistema é homeostático por natureza. Caso contrário não seria sistema. É fechado em si mesmo e mantém suas propriedades. É o que acontece quando a pessoa humana convive com outras. Há competição e conflito até que sejam descobertas as vantagens da cooperação e da fraternidade.
SINCRONIA: A energia circula em um sistema fechado, gerando o que se chama Karma. O que significa que nunca há coincidências, pois todo efeito tem sua causa. E isto tem muitas implicações, por exemplo, quando você reza e pede algo a Deus. O fundamento disto no ponto de vista do Espírito é: “A coisa só é boa quando é boa para todos”.
ENTROPIA: O funcionamento do sistema foge da perspectiva humana, pois é muito grande. Somente o Espírito pode observar sua totalidade. Se o sistema não fosse entrópico o Jogo não seria possível, pois tudo seria previsível e óbvio. Assim, este atributo faz com que os relacionamentos sejam redundantes, criem a vivência humana e possibilitem a descoberta dos padrões de energia.
EFICÁCIA: Os inúmeros testes de energia tornarão os relacionamentos cada vez mais eficientes e estáveis, e inevitavelmente levarão todo o Sistema à sua total eficácia. O Espírito conhece todas as possibilidades possíveis, mas não sabe exatamente em que ponto e com qual configuração o sistema se tornará absolutamente eficaz. Daí o porquê do Grande Jogo.
AMOR: É o maior atributo, pois o Grande Jogo é fruto do Amor Absoluto e Incondicional de Deus. A condição humana na Terra parece terrível, mas é fruto do profundo Amor que Você tem pelo Planeta, pela Vida e por sua Família Celeste. Pois, o Espírito jamais havia penetrado tão fundo na matéria como Você e a Família Humana fizeram... Por Amor pelo Tudo Que É.


O QUE É TERRESTRE

O Sistema do Grande Jogo é vasto e está presente em todo o Universo. Porém aqui na Terra, tomou proporções mirabolantes, pois o teste que está sendo feito aqui não tem paralelo. O teste que foi planejado Aqui foi minuciosamente conduzido, e levou muitíssimo tempo na cronologia do tempo linear do Planeta para que fosse equilibrado.
Por que Você acha que fomos visitados por ninguém menos que o Governante Absoluto de nosso Universo Local, que se manifestou à dois mil anos, através da pessoa do Grande Mestre do Amor? É claro que esta visita foi preparada muito antes por Avatares Cósmicos, aos quais de certa maneira sua energia enquanto Humano Divino faz parte.
Esta visita inclusive chamou a atenção de muitas civilizações no nosso Setor Galáctico, que ficaram se perguntando o que estaria acontecendo neste diminuto Planeta, pertencente a um Sistema Estelar remoto e aparentemente insignificante. Pois lhe digo que Você deliberadamente ocultou o que estava aqui fazendo até que alcançasse seu objetivo. Daí houve uma espécie de “corrida ao ouro”, empreendida por essas civilizações.
Algumas não entenderam quase nada, perguntando-se como os supostos animais inteligentes desse Planeta são capazes de criar energia nova e não apenas fazer circular a já existente. Pois estavam elevando a freqüência do Planeta inteiro, inundando-o de energia proveniente do Cosmos. Não é uma habilidade de criaturas e sim de Criadores.
Outras descobriram uma oportunidade única de contatar seus lendários Criadores, pois perceberam que estava acontecendo Aqui o que suas tradições científicas ou religiosas diziam ter acontecido a si próprios num passado remoto. Vieram em busca do Criador e encontraram a Família Humana. E entenderam que eles e nós somos frutos da mesma Potência Divina.
Querido Humano Divino... O Planeta Terra é o foco do trabalho e atuação do Espírito, pois Aqui existe um padrão único e um teste concentrado de energia, onde Você como parte de Deus associou-se à biologia deste planeta de maneira única, com um objetivo espetacular: “Encontrar um padrão de medida para um Novo Universo que está sendo criado, mais estável e apropriado para a presença do Espírito na Matéria”.


A GRANDE BUSCA

Como Você faz isso? Penetra em um lugar totalmente inóspito e muito escuro. Você perde o sentido de sua totalidade junto ao Espírito, e aparentemente se desgarra da sua Família Espiritual que incomensuravelmente te Ama. Sente-se completamente abandonado e passa a buscar desesperadamente sua volta ao Lar Espiritual, onde Você É Um com Todos. Você sequer lembra o que é, onde está e o que está fazendo aqui, de onde veio ou para onde vai.
Esta busca por Si Mesmo durante éons faz elevar a frequência de seus corpos enquanto joga, através de incontáveis testes de energia. Você aos poucos vai descobrindo o que funciona e o que não funciona. Aperfeiçoando sua maneira de viver, de maneira cada vez mais eficiente. E esta eficiência se chama Confiança, que gera Paz, que por sua vez gera Abundância, que gera novamente Confiança, expandindo esta espiral auto-sustentável até a Perfeição Divina, cujo caminho é o Humano Divino.
Então, por reverberação, você muda sua Realidade e transmuta a Energia do Planeta Inteiro, elevando sua frequência e de tudo que está Nele. Você cria a Nova Terra, o que sua mitologia chama de Nova Jerusalém, que é a Paz na Terra. Daí o Planeta não precisa mais expressar-se fisicamente, pois ascendeu à Quinta-Dimensão.
E o mais importante: “Você faz isso por Amor à Família”. Meu querido... Você É a parte de Deus que foi voluntária para empreender a mais ousada experiência jamais concebida: Você encontrou a medida exata de transmutação de energia que servirá de modelo para a construção do Novo Universo, chamado de Nova Terra Cósmica. Daí, a totalidade do Espírito de Deus poderá habitar a matéria de maneira segura, sem perder sua Consciência Divina.
É um padrão de Estado de Consciência em uma determinada Camada Dimensional, onde o Espírito penetra o máximo possível na Matéria mantendo o máximo possível de Consciência Divina. E este Estado de Consciência é a do Humano Divino na Camada Dimensional da Nova Terra. Você encontrou o ponto de equilíbrio perfeito entre a Luz da Sabedoria Divina e a Escuridão da Ignorância na Matéria.


O PONTO DE EQUILÍBRIO

A Pergunta Cósmica que motivou este estupendo empreendimento foi justamente qual seria este ponto de equilíbrio. E a Humanidade da Terra encontrou a resposta. Deus não "Sabe Tudo", pois "É Tudo". Ele deve deixar de "Ser Tudo" para "Saber Tudo". Por isso Ele se fragmenta quando investiga sua própria criação.
 Este potencial absoluto de fragmentação gerou um impasse de energia no Universo como um Todo, pois as possibilidades ilimitadas de fragmentação e coesão do Espírito, fez com que os Anjos passassem a se alimentar um dos outros. Isto criou uma espécie de “Guerra no Céu”, que envolveu os Mundos Criados. E a Humanidade da Terra resolveu o impasse, encontrando uma saída: “A penetração do Espírito na Matéria”.
Mas de que maneira? Qual é a "profundidade" ideal? Qual o padrão ideal de consciência? Qual a medida correto de energia? E a resposta é: “O Espírito de Deus não deve "Poder Tudo", tem que haver um limite, e este limite é a Nova Terra, cujos fundamentos são Amor, Paz e Esperança”.
Mas Kheine... Você pode me perguntar... Por que o Espírito de Deus que é perfeito iria querer “viver” na matéria limitada? Por que não há nada como a experiência na Matéria. É o único lugar onde o Espírito pode tocar-se a si mesmo, literalmente, e ter forma definida, um rosto, personalidade, caráter, gênero e tudo mais.
Porém, o Espírito quer penetrar na Matéria de maneira segura, para criar novas vivências e níveis de consciência, e transitar interdimensionalmente sem ser aprisionado na ignorância. Poder “subir e descer” livremente, experimentando todas as sensações que a forma permite – tato, sabor, calor, prazer – de maneira plena sem se perder na obscuridade.
A matéria é um imenso parque de diversões do Espírito, onde se aprende brincando e se brinca aprendendo, com toda pureza. Enquanto aqueles que se fragmentam, “descem” para experimentar a matéria, outros ficam no Lar para dar apoio. Você agora está Aqui como Humano e a Família, a absoluta maioria, lhe deu todo o apoio e a segurança do retorno para o Lar.


POTENCIAIS DA NOVA TERRA

Mas agora, com a Nova Terra, as situações se invertem, pois Você abriu o caminho para que os Anjos possam experimentar a Forma de maneira livre e segura. E está pronto para ensiná-los como se penetra e se usufrui da matéria, sem ter que vivenciar o drama humano que conhecemos, pois fizemos isso por todos Eles. A Família não precisará experimentar a dor, a morte, a dúvida e o medo como fizemos. Pois encontramos a maneira mais segura e prazerosa de experimentar a matéria, com o Amor, a Paz e a Esperança do Humano Divino.
Você foi o voluntário: "O Anjo mais corajoso e mais capacitado para o mergulho no desconhecido". Você veio e abriu o caminho, e os Anjos que nunca encarnaram já começaram a chegar na forma das Crianças Cristal, que são por sua vez os protótipos de uma nova espécie humana, multidimensional e plena de puro amor, prontas para encontrar definitivamente o caminho para a vida na Nova Terra... Graças a Você!

Convosco, eternamente em serviço.

KABHOZ KAHIM KHEINE